Comunicado

Disparate propaga-se

Possivelmente para não ficar atrás do Ministério das Finanças no caminho do disparate, o Ministério da Justiça surpreendeu hoje os portugueses ao anunciar o fim de isenção de custas judiciais nos processos de adopção, uma medida sem pés nem cabeça , e que até vai ao arrepio do discurso do Primeiro-Ministro sobre o assunto.

Tendo esta medida sido aprovada em Conselho de Ministros, a APFN reitera a sua preocupação pelo que se está a passar, que denota uma certa desorientação .

A APFN congratula-se com o repúdio por esta medida manifestado prontamente pelos grupos parlamentares do PSD, BE e CDS, esperando que os restantes grupos também manifestem o seu protesto por tão grande disparate.

De novo insiste na necessidade de bom senso e alguma coordenação na acção governativa a fim de evitar a cada vez mais frequente tomada de medidas contraditórias por parte de diferentes ministérios.

3 de Abril de 2008

 

APFN - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas 

Rua 3A à Urbanização da Ameixoeira
Área 3, Lote 1, Loja A
1750-084 Lisboa

Tel: 217 552 603 - 917 219 197
Fax: 217 552 604 

Para saber mais:

 

Se tem 3 ou mais filhos, concorda com os nossos Princípios e Estatutos e deseja ser sócio,  já pode inscrever- se pela internet