Comunicado

Lousã adere à Tarifa Familiar da Água

A APFN saúda a Câmara Municipal da Lousã por ter criado uma Tarifa Familiar da Água (http://www.cm-lousa.pt/docs/editais/13_Edital -Tarifa Social e Familiar.pdf),  despenalizando as famílias numerosas deste Concelho no pagamento deste bem de primeiríssima necessidade, penalização a que as famílias numerosas estão ainda sujeitas em vários municípios.

Esta autarquia vem-se juntar a muitas outras (Aveiro, Câmara de Lobos, Cantanhede, Castro Verde, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Évora, Guarda, Horta, Lagos, Leiria, Mangualde, Mértola, Miranda do Corvo, Mirandela, Odemira, Oeiras, Ponta Delgada, Portalegre, Portimão, Póvoa de Lanhoso, Santarém, São João da Madeira, Sintra, Torres Vedras, Vila Franca do Campo, Vila Nova de Famalicão, Vila Real, Vila Viçosa, Fundão, Porto e Vila Franca de Xira) que já perceberam como as famílias numerosas continuam a ser prejudicadas, tendo que pagar a água mais cara por m3.

 

A adopção destas medidas por todo o país e por diferentes forças partidárias, mostra bem que esta é uma questão de visão política e de verdadeira preocupação com o crescente e cada vez mais rigoroso Inverno Demográfico que atinge o país e que só é possível combater com o reforço das condições de vida das famílias e da sua estabilidade familiar.

 

A APFN espera que este exemplo seja, em breve,  seguido pela totalidade dos municípios, assim como a adopção de outras medidas que tem defendido, como é o caso do  Cartão Municipal de Família Numerosa, já existente em Vila Real, Coimbra e Tavira,  uma vez que se trata de contributos concretos e eficazes para o combate à cada vez maior crise demográfica e instabilidade familiar.

 

A APFN espera, ainda, que o Governo perceba a mensagem, não só adoptando uma política a sério de apoio às famílias com filhos, tanto maior quanto maior o seu número, como acabando de vez com a sua cruzada dirigida contra os filhos de pais casados, que faz com que o discurso do Governo neste domínio soe a falsete, sem quaisquer resultados visíveis na inversão da queda da natalidade, porque totalmente desastrada.

  

22 de Agosto de 2008

 

APFN - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas 

Rua 3A à Urbanização da Ameixoeira
Área 3, Lote 1, Loja A
1750-084 Lisboa

Tel: 217 552 603 - 917 219 197
Fax: 217 552 604
 

Para saber mais:

 

Se tem 3 ou mais filhos, concorda com os nossos Princípios e Estatutos e deseja ser sócio,  já pode inscrever- se pela internet