APFN - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas 

  Mensagem

  Natal dos que não têm voz

 
Neste momento, existem cerca de 90.000 crianças ainda não nascidas, em Portugal, das quais mais de 300 irão hoje conhecer a luz do dia.
Cerca de 10.000 estão nas suas primeiras semanas de vida, ainda não se tendo revelado aos seus pais.
A APFN dá, neste Natal, voz a estas crianças, numa mensagem dedicada aos seus Pais, muito em particular às cerca de 60 que já estão em trabalho de parto.
 
 

Olá, Mãe querida!

Sim! Sou eu! O teu filho mais novo!

Aqui estou a falar-te, no local mais seguro do mundo, dentro de ti!

Obrigado pela Vida que tu e o meu pai me deste!

Se calhar, não sabes que já existo!

Mas eu já te conheço, ouço-te, sinto-te, sinto quando estás feliz, quando estás triste, esperançada, amargurada, relaxada ou em "stress".
Não só te sinto, como sinto contigo os mesmos sentimentos, numa ligação íntima que manter-se-á enquanto ambos vivermos (e mesmo depois). E isto apesar de sermos bem distintos! Assim vamos experimentando a linguagem única do amor, que nos une.

Se calhar, não me desejaste. Mas, olha, eu também não!

6 semanas

 

Não fui eu que desejei viver. Ninguém mo perguntou! Nem fui eu que te escolhi, como também não me escolheste. É este o milagre da Vida...

 

Mas estou tão feliz por estar aqui, onde nada me falta, porque também estou reduzido à maior das simplicidades, sem expectativas nem obcecado por projectos futuros. Sou apenas EU, simplesmente vivo, experimentando esta maravilhosa relação contigo.

Peço-te, apenas, que me ajudes a manter esta relação mesmo depois de nascer, ajudando a que o mundo lá fora seja o mais parecido possível com o mundo cá dentro.

 

9 semanas

Olá, Pai querido!

Obrigado pela Vida que tu e a Mãe me deram!

Sabes que já te sinto?

Parte de mim, recebi de ti! Por isso, é natural que, mais tarde, outros descubram semelhanças entre nós os dois. Também, pelo que sinto através da Mãe, sinto-te a ti.

Quando a acarinhas, sinto as tuas carícias! Quando posas a tua mão na sua barriga, também te sinto. E gosto tanto de sentir tua mão protectora! Por isso, já deves ter reparado que, se antes estava a mexer-me, fico quieto, a saborear a serenidade que recebo...

Pai! Preciso tanto de ti!

18 semanas

Queridos Pais:

Preciso tanto de vocês!

Foi de vós que recebi a Vida.

É de vós que aprenderei a viver a Vida! Ensinem-me a amar e a saber o que é o amor, através de vós! Não é possível a Vida sem Amor, nem Amor sem Vida!

Sei que estão preocupados, para saberem se sou perfeito. Lamento desiludir-vos, mas não sou!

A perfeição é um caminho que terei que percorrer depois de nascer, e para o qual é indispensável a vossa ajuda, aprendendo com a forma como vocês percorrem esse mesmo caminho.

Em breve, será o meu Natal, dia em que nos veremos pessoalmente!

Estou tão ansioso por esse dia, em que também irei conhecer os meus irmãos, os meus tios, os meus primos, os meus avós, a minha Família! Deêm-lhes já um grande beijo por mim!

Até esse dia, tenham um feliz Natal!


A APFN aproveita para desejar um Feliz Natal aos mais de 10.000.000 de portugueses já nascidos e, em particular, a todos quantos têm colaborado no Plano +famili@, para que"ser mais, custe menos".
 
 
APFN - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas  

Rua 3A à Urbanização da Ameixoeira
Área 3, Lote 1, Loja A
1750-084 Lisboa

Tel: 217 552 603 - 917 219 197
Fax: 217 552 604 

Para saber mais:

 
Se tem 3 ou mais filhos, concorda com os nossos Princípios e Estatutos e deseja ser sócio,  
 
 
Se quiser deixar de receber comunicados da APFN, envie um email para apfn@apfn.com.pt com o assunto "Remover" 
Nota importante: é necessário que seja enviado a partir da conta de correio electrónico onde foi recebido este comunicado.

[anterior]