APFN - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas 

Comunicado

Exames nacionais do 12ºano

Foi com uma grande surpresa que a APFN soube da vontade de o Ministério da Educação reduzir o número de exames nacionais do 12º ano, o que representa uma enorme cedência perante quem pretende continuar a tapar o Sol com uma peneira.
 
A existência de exames nacionais e sua comparação com a avaliação contínua são um instrumento indispensável para se poder separar o trigo do joio, isto é, os estabelecimentos de ensino dos estabelecimentos que, apesar de serem designadas como "escolas", limitam-se a manter os "aprendentes" entretidos enquanto não atingem os 16 ou 18 anos.
 
A APFN aproveita para, de novo, juntar lista em que são mostradas as escolas ordenadas por "taxa de inflação" e que, só por si, revela como é totalmente inadequada a medida proposta de acabar com os exames nacionais.
 
Por isso, a APFN tem vindo a defender a existência de exames nacionais no 4º, 6º e 9º anos, a par com o 12º, para que o País e os pais continuem a ser informados do desastroso sistema de ensino em Portugal, sem terem que recorrer aos relatórios da OCDE, não disponíveis para todos.
 
A APFN aproveita para manifestar a sua estranheza por o Ministério da Educação ainda não ter publicitado os resultados dos exames nacionais do 9º ano, esperando que o faça em breve, a fim de ainda poderem ser tomadas medidas neste ano para melhorar os resultados nos próximos exames.
 
10 de Dezembro de 2005

APFN - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas  

Rua 3A à Urbanização da Ameixoeira
Área 3, Lote 1, Loja A
1750-084 Lisboa

Tel: 217 552 603 - 917 219 197
Fax: 217 552 604
 

Para saber mais:

 
Se tem 3 ou mais filhos, concorda com os nossos Princípios e Estatutos e deseja ser sócio,  
 
 
Se quiser deixar de receber comunicados da APFN, envie um email para apfn@apfn.com.pt com o assunto "Remover" 
Nota importante: é necessário que seja enviado a partir da conta de correio electrónico onde foi recebido este comunicado.
 

[anterior]