Nota de Imprensa

AFR 2009 em curso

 

Está em curso o programa "Autarquias Familiarmente Responsáveis" para 2009 (AFR 2009), uma iniciativa da APFN para, através das autarquias, transformar Portugal num país familiarmente responsável, em que os casais possam ter os filhos que desejam sem serem penalizados por isso.

 

 

Recorda-se que, no passado dia 21 de Maio, a APFN apresentou o seu Caderno 17 "Política de Família Municipal" (http://www.apfn.com.pt/Cadernos/cadernos_apfn.htm), que inclui as medidas em vigor nas diversas autarquias, e anunciou a criação do Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR), através do qual iria criar um sistema de apoio e incentivo às autarquias para criarem medidas de política de família local, à semelhança do já existente em algumas.
 
Na sequência deste trabalho, a APFN criou o site http://www.observatorioafr.org/, através do qual os 309 municípios poderão consultar as medidas recomendadas pela APFN e são entusiasmados a preencherem um inquérito sobre as medidas que já têm disponíveis para as famílias do seu concelho assim como para os seus trabalhadores, enquadradas numa perspectiva de conciliação trabalho-vida familiar.
 
Todos os 309 municípios foram, no início deste mês, convidados pela APFN a aderirem a este programa e a preencherem o inquérito online até ao próximo dia 31 de Janeiro.
 
Os municípios julgados mais familiarmente responsáveis pelo Observatório AFR, receberão, em data a anunciar, a bandeira cuja imagem se reproduz acima.
 
A APFN convida todos os portugueses e a comunicação social a aderirem a esta iniciativa da APFN, incentivando os municípios a concorrerem a este programa, para benefício de todos, a fim de Portugal melhor enfrentar o cada vez mais rigoroso Inverno Demográfico em que tem vindo a mergulhar. 
 
 
  
24 de Janeiro de 2009

 

APFN - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas 

Rua 3A à Urbanização da Ameixoeira
Área 3, Lote 1, Loja A
1750-084 Lisboa

Tel: 217 552 603 - 917 219 197
Fax: 217 552 604 

Para saber mais:

 

Se tem 3 ou mais filhos, concorda com os nossos Princípios e Estatutos e deseja ser sócio,  já pode inscrever- se pela internet