APFN - 1 de Junho

MENSAGEM DA APFN PARA O “DIA MUNDIAL DA CRIANÇA”

Querido Ser Pequenino:

Ainda não nos conhecemos, mas queremos dar-te as boas-vindas!

Sabemos que já aí estás, pequenino, pequenino, algures, escondido, no seio de uma Mãe, a tua Mãe.

Talvez ela ainda o não saiba... talvez até pense que não és oportuno, ou pura e simplesmente, esteja aterrorizada por estar à tua espera, por razões só dela conhecidas, mas sobretudo porque hoje o mundo parece não ter tempo, nem lugar para ti... Mas também pode acontecer que ela esteja felicíssima, tal como o teu Pai e então - que bom! - é garantido que não te faltará o que mais falta te faz: o amor e a ternura dos teus Pais e o alimento da tua Mãe!

Sabemos que nada entendes desta carta, que nada sabes do que é isto de ter um tempo e um lugar só para ti, em especial! Nem sequer foste tido nem achado, para começares a ser Ser... e contudo, aí estás tu, com todos os preparos para seres gente e até já dás que falar!

Na verdade, há gente que te ignora, porque não te quer ver e acha que és muito incómodo e até usurpas direitos à mulher... e por isso só te querem dar direitos e, sobretudo, o primeiro direito de todos – o Direito à Vida – daqui a uns meses..., e não reconhecem o teu direito a, simplesmente, Nascer!

Nós porém – famílias da APFN – queremos dizer-te, neste DIA MUNDIAL DA CRIANÇA, que também consideramos ser hoje um dia bom para te fazer festa!

- Queremos dizer-te a ti, Ser Pequenino, que te defendemos contra os que não te querem entre nós!

- Que te queremos arranjar um bom lugar neste mundo tão doido e tão distraído do que realmente vale mesmo a pena!

- Que te queremos garantir um ninho acolhedor: dentro da tua Mãe e dentro de uma Família - com pais, irmãos, avós e - amigos - na tua casa, na tua rua, na tua terra e no teu país!

- Queremos que te sintas alimentado, quentinho, seguro, protegido, amado e apoiado, com raízes e pertença, com direito a nascer, crescer, aprender a viver com os outros, sem medos, em Paz e Alegria!

- Queremos prometer-te, neste dia especial - em que para ti ainda não contam nem balões, nem brinquedos, nem guloseimas, nem entradas grátis em espectáculos! – que nós, famílias da APFN, continuaremos a lutar empenhadamente, pelo teu direito à vida, à saúde, à educação, ao amor!

- Para que possas nascer, crescer e viver feliz, numa Família, num País e num Estado, que te recebam com todo o carinho que te é devido e o apoio que precisas!

Querido Ser Pequenino, Parabéns! Sê bem-vindo!

Parabéns, Criança Querida, qualquer que seja a tua idade!

E obrigado pela tua Vida, por ser sinal de Esperança!

APFN - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas

[anterior]