Português | English
ELFAC - European Large Families Confederation Junte-se a nós no facebook Envie-nos um email
 
A ASSOCIAÇÃO
ASSOCIAR-SE
FAQ'S
CONTACTOS
LINKS
ÁREA DE SÓCIOS
ÁREA DE EMPRESAS
RECOMENDAR A APFN
BOLETIM
Desejo receber a Newsletter da APFN no meu endereço de email:

European

Large Families

Confederation


 

Plano + Família
Mensagem Dia da Grávida 2017 publicado a 09/09/2017

logotipo APFN

MENSAGEM

 

DIA DA GRÁVIDA 2017 

 

Neste dia em que celebramos a dádiva que é trazer uma nova vida ao mundo, felicitamos todas as grávidas e recém-mamãs que abriram os seus corações a uma nova vida. Com o apoio indispensável dos pais, as mulheres embarcam nesta aventura não de 9 meses, mas de uma vida inteira! A gravidez é um momento vivido com intensidade por todos os casais, e de um modo muito especial pela mãe que carrega o bebé (ou bebés) durante 9 meses dentro de si - Não é à toa que a palavra gráVIDA engloba a palavra "vida" lá dentro!

A APFN, enquanto associação de família, não pode deixar de assinalar este dia que é também reconhecido como dia da natalidade, como uma efeméride importante já que exalta a Vida, a Família e as Crianças, que são "o melhor do mundo" e tanta alegria trazem às nossas casas e à sociedade.

Deixamos dois testemunhos de jovens mães, uma aguarda o nascimento do 7º filho e outra acaba de ter o terceiro. São palavras cheias de amor e de emoção de quem já ama um filho antes ainda de o conhecer, mas também medos, inseguranças e muito humor, porque faz tudo parte. Este laço inexplicável que une a grávida ao seu bebé é um dos mais belos da vida, e que só as mulheres têm o privilégio de sentir.

"Adorei estar grávida! Graças a Deus tive 6 gravidezes cheia de saúde embora diferentes. A primeira é a melhor de todas porque tudo é novidade e lemos imenso sobre o que está a acontecer e sobre aquele grande presente que estamos a gerar! Senti-me sempre bem e mais bonita! Na última gravidez fiz ginástica até ao fim, para além da "ginástica" com os outros 5 filhos. Também na última gravidez fiquei mais feia que nunca, a minha pele e cabelo mudaram para pior (e era rapaz)!! Nas duas últimas gravidezes, os meus filhos mais velhos que na verdade ainda são novos (têm entre 9 e 5 anos), acompanharam a barriga a crescer, davam beijinhos na barriga, espreitavam pelo umbigo e perguntavam pelo bebé. Nos 4 primeiros não soube o sexo do bebé. Fizemos apostas e preparámos sempre enxoval azul e cor-de-rosa. Aguardei todos os filhos exceto o último que foi uma surpresa divina. Estive grávida no Verão, no Inverno, no Outono e na Primavera. Adoro ser mulher e acho que estar grávida é uma enorme Graça! Haja boa disposição, sol e nausefe para os enjoos! (Catarina Marnho)"

"O que posso dizer sobre as minhas gravidezes? Posso começar por dizer que fomos abençoados com 3 filhos (Yasmin, com 5 anos, Gabriel, com 3 anos e Alicia com dias) e todos eles são maravilhosos na sua faixa etária. Antes de engravidar tinha muito receio principalmente do parto. Como é que seria? Posso dizer que em todas as gravidezes essa foi sempre a minha preocupação, não pelas dores mais sim pelo bebé(...). Entretanto com nascimento inicia-se outra etapa, e outras questões se levantam (será que o bebé vai pegar na mama, será que irei ter leite suficiente, o porquê da razão do choro, será que tem cólicas?) mas posso dizer que todas as dúvidas se vão dissipando à medida que o tempo passa e se começa a ganhar autoconfiança no tratamento do bebé. (Susana Vieira)"

 

APFN, 9 de setembro de 2017