Português | English
ELFAC - European Large Families Confederation Junte-se a nós no facebook Envie-nos um email
 
A ASSOCIAÇÃO
ASSOCIAR-SE
FAQ'S
CONTACTOS
LINKS
ÁREA DE SÓCIOS
ÁREA DE EMPRESAS
RECOMENDAR A APFN
BOLETIM
Desejo receber a Newsletter da APFN no meu endereço de email:

European

Large Families

Confederation


 

Plano + Família
APFN, Comunicado, 'Eleições europeias - VOTEM!' publicado a 29/05/2009

logotipo APFN

Comunicado

Eleições europeias

VOTEM!


No próximo dia 7 de Junho, os portugueses são chamados ao primeiro acto eleitoral, de uma longa série que se adivinha.

A desilusão é enorme, e com toda a razão.

Chegamos, finalmente, ao fim de uma legislatura para esquecer (ou, pelo contrário, para não esquecer).

  • Grande parte das famílias está bem pior do que há quatro anos e muitas passaram, de repente, de uma situação de "bem-estar" para a mais pura luta pela simples sobrevivência...
  • Perante a queda de nascimentos, a resposta foi a liberalização e financiamento do aborto...
  • Perante o aumento do número de divórcios, a resposta foi a sua liberalização Perante as cada vez maiores dificuldades económicas das famílias, aparece uma "cabecinha pensadora" a falar no imposto europeu, e outra, da mesma cor política, num imposto mundial...
  • Agora, perante o elevado número de doentes em lista de espera para serem operados e aumento do número de reformados, a resposta é a eutanásia, com mais ou menos eufemismos... No mínimo, todos querem chegar a idosos. É esta a resposta que querem ter quando mais precisarem de ser cuidados?

Enfim, Portugal tem-se visto a ser mergulhado numa suicida cultura de morte, quando o que os portugueses querem e necessitam é de uma cultura de vida!

Pelos vistos, os partidos que dominaram esta legislatura desistiram de procurar obter para os portugueses uma boa qualidade de vida, enveredando, pelo contrário, pelo mais fácil suicida caminho de "qualidade" de morte.

Ao longo desta legislatura, assistimos também ao harakiri de partidos da oposição, possivelmente contagiados nessa cultura de morte, praticando o pouco recomendável desporto de tiros às costas do líder...

É neste cenário que muitos portugueses pensam em não votar, porque estão, com toda a razão, muito desiludidos e cansados dos partidos em que sempre têm votado, naqueles a que se habituaram em chamar de "seu partido".

A resposta a isto não pode ser não votar!

A única resposta só pode ser votar, votar massivamente, em partidos que apostam na mudança.

Por isso, a APFN apela a todos os portugueses para que se informem, vejam as alternativas, e deêm o seu apoio, através do seu voto, aos partidos e pessoas que estão dispostos a algo de diferente.

Temos a certeza de que, com menor abstenção e maior votação em partidos que não tenham estado, até agora, na ribalta, fará com que os maiores partidos passem a estar mais atentos aos verdadeiros problemas das famílias portuguesas.

Só assim, se convencerão que não são os "donos da bola".

Só assim se convencerão de que vivemos em democracia!

Democracia, sim! Partidocracia, não!

Por favor, VOTEM NO DIA 7 de JUNHO!

29 de Maio de 2009

APFN - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas
Rua José Calheiros,15
1400-229 Lisboa

Tel: 217 552 603 - 919 877 902 - 917 219 197
Fax: 217 552 604