Português | English
ELFAC - European Large Families Confederation Junte-se a nós no facebook Envie-nos um email
 
A ASSOCIAÇÃO
ASSOCIAR-SE
FAQ'S
CONTACTOS
LINKS
ÁREA DE SÓCIOS
ÁREA DE EMPRESAS
RECOMENDAR A APFN
BOLETIM
Desejo receber a Newsletter da APFN no meu endereço de email:

European

Large Families

Confederation


 

Plano + Família
APFN, Comunicado "2011 - Novo Mínimo Absoluto de Nascimentos!" publicado a 27/04/2012

logotipo APFN

Comunicado

2011

Novo Mínimo Absoluto de Nascimentos!

Em 2011, o número de nascimentos bateu um novo mínimo absoluto, inferior a 97.000, mais de 60.000 nascimentos abaixo do necessário para que haja renovação de gerações.

O número de óbitos foi superior a 103.000, pelo que Portugal continua, a uma velocidade cada vez mais elevada, a caminho do definhamento.

O mais estranho é a absoluta indiferença do Governo, que tem vindo a agravar cada vez mais as condições das famílias tanto mais quanto maior o número de filhos, em total arrepio ao que seria normal e que anunciou.

Com efeito, nos tempos mais recentes, nunca passou tanto tempo sem se saber quem é o responsável pela "política de família", apesar de o Primeiro Ministro ter anunciado há mais de seis meses que todas as leis iriam passar a ser sujeitas a um "visto familiar".

  • Quem é esse órgão? Quem é o "dono desse carimbo"?
  • Como é possível as crianças e jovens terem um cada vez menor peso, ou não ter peso nenhum, no cálculo dos escalões de rendimento, agravando as condições de vida das famílas com filhos, quanto maior o seu número?
  • Será que o Governo quer acabar de vez com os nascimentos em Portugal para poder acelerar o encerramento de escolas e maternidades?
  • Será que não sabe que um país com cada vez menos crianças e jovens nunca conseguirá recuperar economicamente?

A APFN não tem dúvidas nenhumas de que, a continuar-se esta crescente pressão sobretudo sobre as famílias com filhos, tanto maior quanto maior o seu número, novos mínimos absolutos continuarão a ser atingidos, levando Portugal a ultrapassar a Bósnia como o país com menor índice sintético de fecundidade no mundo!

Lisboa, 27 de Abril de 2012

APFN - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas

Rua José Calheiros,15
1400-229 Lisboa

Tel: 217 552 603 - 919 877 902 - 917 219 197
Fax: 217 552 604