Português | English
ELFAC - European Large Families Confederation Junte-se a nós no facebook Envie-nos um email
 
A ASSOCIAÇÃO
ASSOCIAR-SE
FAQ'S
CONTACTOS
LINKS
ÁREA DE SÓCIOS
ÁREA DE EMPRESAS
RECOMENDAR A APFN
BOLETIM
Desejo receber a Newsletter da APFN no meu endereço de email:

European

Large Families

Confederation


 

Plano + Família
+ Poupança > Truques de Poupança > Crédito

Truques de Poupança - Crédito

Poupe no Crédito à habitação!

Já há muito que se diz que no negociar é que está o ganho! E neste tema assenta como uma luva!
Mesmo não sendo especialista neste assunto, todos sabemos que quando se fala em aumento de taxas de juro, a nossa dor de cabeça aumenta porque é certo que a prestação da casa vai subir.

Saiba mais para poder negociar melhor.

  • Se pensa fazer um crédito nos próximos tempos, faça contas e dê alguma margem de manobra para eventuais subidas de taxa de juro
  • Por norma os créditos à habitação têm como base uma taxa variável indexada (Euribor a 3, 6 ou 12 meses). O seu valor acompanha a evolução da taxa de referência do Banco Central Europeu, para fazer face à inflação na zona euro e equilibrar as economias. Ao valor do indexante, soma-se ainda o spread, a margem do banco. Os dois originam a TAN (taxa anual nominal) que incide sobre o empréstimo.
  • Antes de aceitar uma proposta, tenha em atenção a TAE (taxa anual efectiva) indicada. É ela que permite comparar propostas de bancos diferentes, já que indica a percentagem de encargos a suportar com o crédito ao longo dos anos.
  • Vá a vários bancos e peça simulações com a quantia, a duração e as taxas de juro aplicadas. Para a ?corda? ficar mais ?folgada? adicione, por exemplo, 1 a 2 % à TAN (taxa anual nominal) indicada e veja se consegue pagar a mensalidade. Se concluir que vai fazer um grande esforço financeiro, faça nova simulação para um prazo mais alargado.
  • Confirme todos os custos iniciais (despesas de avaliação do imóvel, comissão de abertura, etc.)
  • Acompanhe e calcule o agravamento da taxa na prestação. Negociar o spread ou transferir o crédito para outro banco pode ser uma boa solução para o seu bolso.
  • Durante o empréstimo amortize o mais rapidamente possível o capital. No final paga menos juros.
  • Alguns bancos suportam os custos de transferência do crédito. Antes de mudar para a concorrência convém fazer contas para ter a certeza de que tal é mesmo vantajoso.
  • Antes de contratar o crédito, tente negociar a taxa de juro. Dirija-se primeiro ao Banco onde já tem outros produtos e serviços.
  • Compare as ofertas da concorrência através da TAE (taxa anual efectiva), que reflecte o verdadeiro custo do crédito. Esta inclui todos os encargos como juros e custos do processo.
  • Alguns bancos reduzem o spread se contratar os seguros de vida e multirriscos-habitação em companhias do grupo. Mas o desconto pode não compensar um acréscimo nos prémios.
  • As propostas dos bancos podem tornar-se mais vantajosas se contratar ou transferir produtos e serviços úteis como domiciliação de ordenado e aplicações.
  • Acompanhe a evolução das taxas e da concorrência e negoceie com o banco.