RTP.pt- 13 Mai 05

Portugal é um dos países da Europa com menos pessoas a viver sozinhas

Portugal é um dos países da Europa dos 15 com o menor número de pessoas a viver sozinhas (440.849), enquanto a maioria continua a optar por uma vida ao lado de um/a companheiro/a (5.476.994).

Os dados do Estudo Comparativo das Políticas Familiares na Europa dos 15 entre 1990/2004 são uma previsão para 2005 e demonstram aquilo que já é uma tendência com mais de uma década.

A previsão do total de pessoas a viver sozinhas no espaço da Europa dos 15 aponta para um aumento de 78.925 indivíduos entre 2000 e 2005. A França, os Países Baixos, a Grécia e Portugal são os países que registam uma maior subida neste campo.

O número de pessoas a viver sozinhas em Portugal cresceu entre 2000 e 2005, havendo agora mais 8.712 pessoas nesta situação, segundo o estudo.

Quanto aos que vivem com companheiro (em Portugal) os dados apontam para um crescimento de 469.230 pessoas.

No campo da vida a dois destaca-se a previsão de um aumento na Alemanha, Itália, França, Espanha, Portugal e Grécia.

O certo é que Portugal, entre 1995 e 2000, já se apresentava como um dos países da Europa dos 15 com menos pessoas a viver sozinhas.

Se em 1995 foram registadas pela Eurostat 460.926 pessoas a viver sozinhas em Portugal, este valor diminuiu para 432.137 em 2000.

Já o número de pessoas a viver com companheiro subiu de 4.681.384 em 1995 para 5.007.764 em 2000.

O estudo foi elaborado pelas sociólogas da Universidade Católica Joana Vaz Pereira e Maria Luísa Toledo Gomes, a pedido do Conselho Nacional dos Assuntos de Família, e será apresentado sábado, no âmbito do Dia Internacional da Família.

[anterior]