Associação Famílias - 25 Mai 05

 

MOVIMENTO DE PAIS

= MOVE =

 

Aí está a sociedade civil, civilizada, a mexer. A pensar. A agir. A defender os seus direitos fundamentais. Um grupo de cidadãos decidiu mobilizar-se e mobilizar outras pessoas, todos pais. Felizmente que há pais atentos e zelosos dos seus direitos. Estamos todos lembrados da notícia do EXPRESSO de 14 de Maio, sobre uma certa “Educação Sexual” que está a ser promovida em algumas escolas por uma ONG Internacional e com presença em Portugal, a APF – Associação para o Planeamento da Família, bem conhecida pelas suas posições no âmbito da sexualidade. Esta ONG tem tido o apoio cego e incondicional dos Governos de Portugal – PS e PSD.

 

O EXPRESSO não deixou cair a notícia. No Sábado passado, 21, foram vários os artigos e comentários nele publicados. E não deixam dúvidas quanto à “qualidade” daquela “educação sexual”. Por isso, um grupo cada vez mais numeroso de pais, está a mobilizar a sociedade portuguesa. São objectivos deste MOVIMENTO DE PAIS:

1 - Apelar aos pais portugueses para manifestarem a sua indignação pelo que está a passar-se nas escolas a coberto de "educação sexual" e/ou "educação para a saúde", sem o seu conhecimento nem consentimento, agravado por ser alimentado com imenso dinheiro do erário público, divulgando e assinando a petição disponibilizada;

 

2 - Apelar ao Governo para suspender todos os protocolos com a APF - Associação para o Planeamento da Família e investigar todo o material e acções por esta produzidos;

 

3 - Apelar aos pais políticos para se unirem, independentemente da sua ideologia política, a fim de defender os nossos filhos de quem os quer catequizar sem o nosso conhecimento nem consentimento;

 

4 - Apelar aos pais jornalistas para investigarem o que se tem passado a coberto das designações "educação sexual" e "educação para a saúde", para o que nos disponibilizamos a mostrar factos e documentos;

 

5 - Reafirmar que a situação actual não é, por enquanto, da responsabilidade do actual Governo, embora estejamos preocupados com as declarações da Senhora Ministra da Educação em que manifestou a vontade de dar continuidade a algo que confessou desconhecer;

 

6 - Apelar às diversas associações de pais, de família e outras a aderirem a este movimento, bastando enviar email com os dados e contactos dessa associação para aderimos@move.com.pt e colaborar na divulgação e recolha de assinaturas da petição.

 

 

Para os pais que não usam a Internet deixo o contacto telefónico: 93 7209125

 

Precisamos de dar apoio ao MOVIMENTO DE PAIS. Estes, pelo menos, estão atentos à educação dos seus filhos. E nós, vamos “assobiar para o lado”? Iremos deixar que, por incúria ou desleixo, se deseduquem o nosso tesouro maior, os nossos filhos?

 

 

Carlos Aguiar Gomes

carlos.aguiar.gomes@portugalmail.pt

 

Presidente da Associação Famílias

[anterior]