Português | English
ELFAC - European Large Families Confederation Junte-se a nós no facebook Envie-nos um email
 
A ASSOCIAÇÃO
ASSOCIAR-SE
FAQ'S
CONTACTOS
LINKS
ÁREA DE SÓCIOS
ÁREA DE EMPRESAS
RECOMENDAR A APFN
BOLETIM
Desejo receber a Newsletter da APFN no meu endereço de email:

European

Large Families

Confederation


 

Plano + Família
Entrega de Bandeiras OAFR 2014 publicado a 20/11/2014

No passado dia 19 de Novembro estivemos em Coimbra na cerimónia de entrega de bandeiras às Autarquias Familiarmente Responsáveis de 2014.  

O secretário de Estado da Administração Local, António Leitão Amaro agradeceu ao OAFR o “reconhecimento do trabalho dos autarcas” na cerimónia de atribuição de 39 Bandeiras Verdes pelo Observatório de Autarquias Familiarmente Responsáveis, na sua 6ª edição. O governante sublinhou ainda que “a situação de perigo demográfico em que o País se encontra precisa de soluções locais, de proximidade”.

Manifestando agrado pela crescente adesão das autarquias ao Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis, o mesmo responsável acrescentou que “há uma competição saudável entre as autarquias”, as quais correspondem “com empenho a um trabalho de qualidade”.

Perante uma sala repleta de autarcas e vereadores dos municípios distinguidos, o Presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), Manuel Machado, louvou o trabalho das autarquias no estímulo às famílias, salientando que todas as Câmaras neste momento “sofrem com a desertificação, que existe quer no litoral quer no interior” e que “são necessárias soluções criativas para ultrapassar estes desafios”.

Margarida Neto, em representação do Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis, sublinhou que “as políticas de apoio à família não são de esquerda nem de direita, são uma necessidade premente de um país sem crianças”, e que esse facto “se comprova pela grande heterogeneidade dos municípios premiados.”

Margarida Neto referiu ainda que o Observatório “ terá futuramente em conta as medidas mais inovadoras e com mais impacto nas famílias ao nível autárquico”, num País em que considera “urgentes as políticas de proximidade que ajudem as famílias a ter, pelo menos, o segundo e o terceiro filho”. “Sem isso, o País não é sustentável”, rematou a responsável.

Por seu turno, o Presidente da Associação Portuguesa de Famílias Numerosas, Luis Cabral, reiterou que a “APFN defende todas as famílias” e que é nesse quadro que situa “o reconhecimento das autarquias mais familiarmente responsáveis”, cujo número e adesão tem vindo a aumentar consideravelmente de ano para ano. 

No evento esteve também presente Fernando Nogueira, da Fundação Millennium BCP, entidade mecenas do projeto.

No evento foram entregues 8 Bandeiras Verdes e 31 Bandeiras Verdes com Palma. Estas últimas destinam-se a distinguir municípios que arrecadaram o galardão por três ou mais vezes consecutivas, verificando-se uma grande fidelização autárquica ao projeto do Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis.

A lista dos municípios distinguidos bem como os dados recolhidos através dos inquéritos podem ser consultados aqui.

 

Fotografias do evento disponíveis aqui.