Comunicado 

Lisboa: o desafio do (re)povoamento

Vítima de opções erradas e, sobretudo, da desastrosa política anti-natalista e anti-família que Portugal tem tido nas últimas dezenas de anos, Lisboa é uma das capitais mais envelhecidas da Europa, tendo empurrado as jovens famílias para a periferia, tornando a sua vida ainda mais difícil, por, entre outros problemas, terem que perder várias horas por dia (e dinheiro e paciência) nas suas deslocações entre casa e trabalho.

Esta situação até tem feito encerrar estabelecimentos de ensino bem equipados na cidade, e forçado a construção de outros na periferia, com custos bem evitáveis...

É cada vez mais inadiável a adopção de uma política de família a sério, em Lisboa, que combata a sua desertificação e envelhecimento e que, como é fácil de se perceber, terá que passar por um forte apoio às famílias com filhos, sobretudo com três ou mais, porque são essas que farão aproximar a média para os 2.1 filhos por casal, necessária para a renovação de gerações e travagem do envelhecimento.

A APFN relembra as suas propostas lançadas em Julho de 2005 (http://www.apfn.com.pt/Noticias/Jul2005/apfn.htm), algumas das quais têm vindo a ser seguidas por um crescente número de municípios, acrescentando o seu nome à lista de "Autarquias Amigas da Família".

Em particular destaque, está a Câmara de Vila Real como tem vindo a ser amplamente noticiado, e cujo programa já em vigor pode ser consultado em http://www.cm-vilareal.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=73&Itemid=55.

A APFN desafia os vários candidatos à Câmara de Lisboa a apresentarem as suas propostas para enfrentarem o desafio do (re)povomento e combate à desertificação e envelhecimento, e manifesta a sua total disponibilidade para colaborar activamente nesse programa.

20 de Maio de 2007

APFN - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas 

Rua 3A à Urbanização da Ameixoeira
Área 3, Lote 1, Loja A
1750-084 Lisboa

Tel: 217 552 603 - 917 219 197
Fax: 217 552 604 

Para saber mais:

 

Se tem 3 ou mais filhos, concorda com os nossos Princípios e Estatutos e deseja ser sócio,  já pode inscrever- se pela internet