APFN - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas 

Comunicado

Ota? Para que te quero?

A APFN manifesta a sua preocupação pela insistência do Governo na construção do novo aeroporto da Ota, uma vez que, de acordo com as declarações do Ministro da tutela, deverá estar pronto em 2017/2018,  precisamente na altura em que a população activa atingirá o valor máximo de 7.248.559, ligeiramente superior aos 7.120.457 que existiam em 2005, data a partir da qual começará a decrescer, sendo prevista uma redução em mais de 26% até 2050!

No gráfico acima representado é bem visível a enorme erosão em população activa e jovem, em enorme contraste com o aumento da população idosa, normalmente avessa a viagens de avião...

Por esse motivo, a APFN tem a certeza de que o novo aeroporto da Ota é já um caríssimo elefante branco em fase de gestação, que terá o mesmo destino que outras obras que envergonham o país, em que alguns estádios de futebol figuram em primeiro lugar.

A APFN recomenda fortemente que, pelo contrário, o Governo se empenhe fortemente a combater o gigantesco e crescente défice demográfico de que o país padece desde 1982, fazendo com que os portugueses possam ter os filhos que desejam sem por tal serem penalizados, nem que para isso seja necessário divorciarem-se ou emigrarem.

Caso o Governo insista na continuação deste projecto, fácil é verificar-se pela simples observação da projecção de população residente que, no limite, o destino deste aeroporto não será mais do que de um moderno e caríssimo lar de terceira idade.

14 de Março de 2007

APFN - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas  

Rua 3A à Urbanização da Ameixoeira
Área 3, Lote 1, Loja A
1750-084 Lisboa

Tel: 217 552 603 - 917 219 197
Fax: 217 552 604
 

Para saber mais:

 
Se tem 3 ou mais filhos, concorda com os nossos Princípios e Estatutos e deseja ser sócio,