Português | English
ELFAC - European Large Families Confederation Junte-se a nós no facebook Envie-nos um email
 
A ASSOCIAÇÃO
ASSOCIAR-SE
FAQ'S
CONTACTOS
LINKS
ÁREA DE SÓCIOS
ÁREA DE EMPRESAS
RECOMENDAR A APFN
BOLETIM
Desejo receber a Newsletter da APFN no meu endereço de email:

European

Large Families

Confederation


 

Plano + Família
APFN, Nota de Imprensa, "REFORMA SEGURANÇA SOCIAL Avaliação 2005/2009" publicado a 02/06/2011

 

NOTA DE IMPRENSA
5 anos após o Relatório Técnico sobre a Sustentabilidade da Segurança Social
estudo da Associação Portuguesa de Famílias Numerosas revela

SERÁ NECESSÁRIA UMA NOVA REFORMA DA SEGURANÇA SOCIAL

Lisboa, 2 de Junho de 2011 -  A Associação Portuguesa de Famílias Numerosas divulga hoje o estudo "Reforma da Segurança Social - Avaliação 2005/2009", que fez um exercício de comparação das projecções usadas no Relatório de Sustentabilidade da Segurança Social com os dados reais dos últimos anos.
O Relatório Técnico sobre a Sustentabilidade da Segurança Social, que serviu de base à Reforma da Segurança Social, faz este mês 5 anos. A APFN demonstrou sempre a sua preocupação relativamente às projecções e estimativas subjacentes a este relatório. Neste contexto, o presente estudo realiza uma avaliação dessas estimativas face à evolução demográfica e macroeconómica entretanto verificada.
As conclusões apresentadas mostram que:
    • As projecções apresentadas em 2006 no Relatório Técnico sobre a Sustentabilidade da Segurança Social, que estão na base da Reforma da Segurança Social então implementada e que se mantém em vigor, mostram-se significativamente descoladas da realidade tanto ao nível demográfico como macroeconómico, colocando em causa o próprio sistema;
    • O défice de crianças e jovens em Portugal continua a aumentar, muito mais rapidamente do que o previsto em 2005, colocando em causa a sustentabilidade do sistema de Segurança Social;
    • O agravamento do desemprego, face às projecções de 2005, vem alterar o equilíbrio financeiro previsto para o sistema;
    • O modelo da Reforma da Segurança Social contém erros que o tornam desadequado para Portugal, nomeadamente a adopção do indicador Esperança média de vida como factor de sustentabilidade, que absorve os aumentos de população maior de 65 anos ignorando outros com maior impacto e que apresentaram maiores desvios relativamente às projecções como, por exemplo, População com menos de 15 anos e o Emprego.
Uma versão integral do estudo encontra-se disponível para consulta aqui

Resumo da Ficha Técnica
O PRESENTE TRABALHO SEGUIU A SEGUINTE METODOLOGIA:
- Destaque no Relatório técnico dos elementos chave da análise efectuada pelo Grupo de Trabalho e dos cenários (demográfico e macroeconómico) que estiveram na base da Reforma implementada na Segurança Social;
- Identificação do histórico dos indicadores utilizados para cada um dos cenários;
- Finalmente é feita a análise comparativa das projecções utilizadas e os valores efectivamente verificados de acordo com dados do INE e do EUROSTAT e são contabilizados os desvios em termos absolutos e percentuais.

Sobre a APFN ? Associação Portuguesa de Famílias Numerosas
Formada em 1999, a APFN é constituída por grupos de casais, com três ou mais filhos. Acredita nos valores da família, defende o direito à vida desde a sua concepção e sente a necessidade de apoiar as famílias numerosas, contando actualmente com mais de 8.000 sócios. A APFN pretende, com a sua actividade, mudar as mentalidades e as políticas relativamente à família e transformar o actual cenário que se não for alterado conduz à insustentabilidade económica e social. A APFN acredita na família como a solução do futuro e enquanto resposta histórica em todos os momentos de crise. O lema da APFN é apostar na família é construir o Futuro.

Para mais informações, por favor contacte:
APFN
Ana Cid Gonçalves | T 919 259 666 | secretaria-geral@apfn.com.pt
Ana Mira | T 916 079 548 | comunicacao@apfn.com.pt