Português | English
ELFAC - European Large Families Confederation Junte-se a nós no facebook Envie-nos um email
 
A ASSOCIAÇÃO
ASSOCIAR-SE
FAQ'S
CONTACTOS
LINKS
ÁREA DE SÓCIOS
ÁREA DE EMPRESAS
RECOMENDAR A APFN
BOLETIM
Desejo receber a Newsletter da APFN no meu endereço de email:

European

Large Families

Confederation


 

Plano + Família
2.º Encontro de Famílias na Mata Nacional dos Sete Montes em Tomar publicado a 29/06/2015

A Delegação de Santarém da APFN promoveu no passado dia 28 de Junho, o 2º Encontro das Famílias, que decorreu na Mata Nacional dos Sete Montes em Tomar.

Apesar do calor que se fez sentir, as atividades iniciaram-se por volta das 10h e envolveram uma “viagem no tempo” até à época dos Templários, com representações que fizeram as delícias de miúdos e graúdos.
Mas ninguém melhor para relatar as aventuras deste dia do que quem esteve presente e participou no evento, que tomou lugar nas imediações do Castelo de Tomar e Convento de Cristo, declarado Património Mundial pela UNESCO.

Testemunho da Família Pinheiro Ribeiro
“Nós somos os cinco elementos da família Pinheiro Ribeiro, com raízes transmontanas e ribatejanas, mas com crianças nascidas e criadas na Região Oeste e Ribatejo (…). Em 2012, passámos de uma (…) com apenas três elementos, para uma família claramente acima da média nacional em número de filhos, com o nascimento das gémeas Inês e Júlia, que vieram fazer companhia ao irmão Pedro, e assim encher o nosso lar com muito mais alegria e felicidade, o que nos faz esquecer e superar todo o trabalho diário.

A adesão como sócios da APFN foi formalizada de imediato, por acreditarmos nas finalidades, na missão, nos valores e na visão da nossa associação.

A participação no 2º Encontro de Famílias Numerosas, no passado dia 28 de Junho, em Tomar, surgiu na sequência natural do envolvimento da nossa família nas atividades da associação. A Mata Nacional dos Sete Montes, junto ao Castelo de Tomar e Convento de Cristo, revelou-se um excelente local para a realização do encontro, quer beleza natural, quer pelo significado histórico e cultural, mas também pelas condições que oferece para a realização de atividades em família. (…) Felicitamos e agradecemos às famílias organizadoras pelo agradável programa de atividades que proporcionaram às famílias presentes.

Para terminar, fica o testemunho do nosso filho Pedro (10 anos), porque as irmãs gémeas (2 anos e meio), ainda não sabem expressar-se a este nível: “No 2º Encontro de Famílias Numerosas foi possível conviver com crianças da minha idade, ou quase, trocámos ideias sobre os irmãos, como por exemplo, a nossa opinião sobre eles, e sobre o que eles próprios pensam sobre nós, a forma como brincamos uns com os outros e, também, todas as situações do dia-a-dia que agitam a nossa casa. Gostei muito deste encontro e espero que em 2016 seja realizado o 3º encontro, se possível, ainda com mais crianças.”


Família Pinheiro Ribeiro, com os filhos Pedro (10), e as gémeas Inês e Júlia (2 anos e meio)


Testemunho da Família Faria
“Foi um dia muito bem passado! Na visita ao convento de Cristo, fomos ordenados Cavaleiros da Ordem dos Templários, com direito a capa e espada! Durante o almoço-convívio conhecemos novas famílias e partilhámos histórias divertidas. À tarde, o passeio no comboio turístico levou-nos a conhecer melhor a fantástica cidade de Tomar! Balanço positivo e aguardamos o 3º encontro, em Santarém”.

Também o Dinis, o Afonso, o Duarte e o João quiseram deixar a sua opinião:
“Eu gostei de ouvir a história do urso e de ter muitos amigos para brincar!”. (Dinis Faria – 3 anos)
“Eu gostei do escudo e da espada de cavaleiro. E também gostei de brincar e brincar no parque infantil”. (Afonso Faria – 7 anos)
“Também deu para jogar às cartas (Duarte Faria – 13 anos) e tocar viola (João Faria – 16 anos)”

Testemunho da Família Francisco
“Este ano a nossa família participou e esteve na organização do 2.º Encontro de Famílias, promovido pela Delegação de Santarém da APFN (…). Como temos estado envolvidos na organização, antes há sempre um certo nervosismo, porque ainda falta tratar disto ou daquilo… contudo no decorrer dos encontros tudo tem rolado, com boa disposição, com a colaboração de todos (dos da organização e dos que só estão a participar; dos pais e dos filhos), sem grandes nervosismos, tudo se resolvendo e sabendo-nos adaptar às circunstâncias (chuva no ano passado; calor neste ano!)… de facto, nas famílias numerosas estamos habituados a resolver problemas, a ser solidários, a “pôr o ombro”, a estar ao serviço do outro… este espírito vem ao de cima nestes encontros e com ele tudo se torna fácil!

Para nós tem sido interessante a participação nestes encontros. E cremos que para o ano, nas Portas do Sol em Santarém (segundo o planeamento de local da Delegação de Santarém da APFN), lá estaremos!”